RSS

Arquivo mensal: agosto 2010

Ex-qualquer coisa (Retirado do ::Malvadas::)

Ex é sempre ex.

Ex é quando se FOI alguma coisa e já não é mais. Ex-jogador, Ex-militar, Ex-bailarina. Por que é tão difícil entender que deixaram de ser e deveriam seguir em frente e passar a ser alguma coisa nova? Vai lá, ser o atual de outra coisa, vai!

Pelo amor as suas (e as minhas) bolas, pare de procurar a pessoa que te deu um pé.

Como diria a Vanessa da Mata: “É só isso, não tem mais jeito, ACABOU, boa sorte”.

Vai, vai juntar seus cacos em algum outro lugar (de preferência longe de mim), ou com alguma outra pessoa. Entenda que não adianta você ligar desesperadamente, mil vezes por minuto, dizendo que ama e vai mudar. Você não vai. Nem o ser do outro lado da linha.

Pegue logo suas coisas, fale tudo de uma vez, pegue ou queime. Melhor: jogue fora. Melhor! Doe. Tem sempre alguém precisando mais do que nós.

Tente esquecer os bons momentos. Lembre dos ruins. Não esqueça da desconfiança, ciúme, chatice, da TPM dela (dos peidos dele). Supere e por favor, pare de se humilhar!

Junte suas trouxas e procure um canto vazio para você. Em outro mundo de preferência!

Sim, dói. Eu sei, você sabe, todos sabem! A dor é necessária e involuntária, mas passa. Quando? Isso depende de você. Só de você. Se afogue num copo de qualquer coisa, mas, deixe o celular longe.

Fuja da cidade – do País! E quando encontrar a pessoa, faça-se de melhor pessoa do mundo, vomite felicidade e deixe que ela siga a vida (que você deseja que seja a pior possível).

Desligue-se do passado e pense no futuro. Seja um EX legal.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de agosto de 2010 em Uncategorized

 
 
%d blogueiros gostam disto: