RSS

Arquivo mensal: janeiro 2013

Entende?

Nesse mês tive uma experiência muito enriquecedora: viajei de caminhão.
Do interior de São Paulo fui para Goiás passando por Minas, estiquei até a capital (Sampa, saudade infinita. Eu vou voltar mais rápido que você imagina!) e voltei ao lar interiorano.
Vi alegrias, solidão, carência, companheirismo e solidariedade.
A mais interessante criação são as pessoas: criam, inventam, improvisam, copiam…
Tão diferentes e tão iguais.
Todos buscando a realização, a felicidade, o sucesso.
Cresci, venci receios, mudei de opinião, quebrei barreiras.
Com muita vontade de dividir a experiência, não encontrei terreno fértil nem ouvidos abertos.
Coitados, os preconceitos não permitem que vejam além dos noticiários globais.
Coitados, a busca pelo status não permite que abram a mente para tanta gente interessante.
Coitados, o querer agradar aos de fora afasta os de dentro.
Insisto em pingar nessa pedra dura e compacta. Mas estou cansada. Acho que não fura não.
Esse furo seria libertador. Como o raio de sol que a atravessa a nuvem negra, sabe?
“O que eu tenho que aprender aqui?”, vivo questionando anjos, deuses e orixás.
Até agora não obtive resposta deles, mas um homem, um ser humano “de músculo, de carne e osso, pele e cor” disse-me que talvez eu esteja nesse círculo para ensinar e não aprender.
Sei não… Não tenho essa pretensão. Continuo querendo saber o que tenho que aprender com eles.
Enquanto não ouço uma resposta, continuo aberta para aprender com os outros lá fora.
Um dia os de dentro vão compreender e se alegrar comigo, por mim.
Riqueza é ver o que eu vi, ouvir o que eu ouvi.
Dinheiro é um meio de conseguir a riqueza.
Riqueza não é ter dinheiro.
Entende?

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 23 de janeiro de 2013 em Em mim...

 
 
%d blogueiros gostam disto: