RSS

Arquivo da categoria: Deusa

Ho’Oponopono – Oração Original

ho_oponopono2copy1-1030x662Divino Criador, Pai, Mãe, Filho, todos em Um.

Se eu, minha família, meus parentes e antepassados, ofendemos sua família, parentes e antepassados, em pensamentos, fatos ou ações, desde o início de nossa criação até o presente, nós pedimos o seu perdão.

Deixe que isso se limpe, purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas.

Transmute essas energias indesejáveis em pura luz e assim é.

Para limpar o meu subconsciente de toda carga emocional
armazenada nele, digo um e outra vez, durante o meu dia, as palavras chave do HO’OPONOPONO:

Eu sinto muito
Me perdoe
Eu te amo
Sou grato

Declaro-me em paz com todas as pessoas da Terra e com quem tenho dívidas pendentes.

Por esse instante e em seu tempo, por tudo o que não me agrada em minha vida presente:

Eu sinto muito
Me perdoe
Eu te amo
Sou grato

Eu libero todos aqueles de quem eu acredito estar recebendo danos e maus tratos, porque simplesmente me devolvem o que fiz a eles antes, em alguma vida passada:

Eu sinto muito
Me perdoe
Eu te amo
Sou grato

Ainda que me seja difícil perdoar alguém, sou eu que pede perdão a esse alguém agora. Por esse instante, em todo o tempo, por tudo o que não me agrada em minha vida presente:

Eu sinto muito
Me perdoe
Eu te amo
Sou grato

Por esse espaço sagrado que habito dia a dia e com o qual não me sinto confortável:

Eu sinto muito
Me perdoe
Eu te amo
Sou grato

Pelas difíceis relações às quais só guardo lembranças ruins:

Eu sinto muito
Me perdoe
Eu te amo
Sou grato

Por tudo o que não me agrada na minha vida presente, na minha vida passada, no meu trabalho e o que está ao meu redor, Divindade, limpa em mim o que está contribuindo para minha escassez:

Sinto muito
Me perdoe
Eu te amo
Sou grato

Se meu corpo físico experimenta ansiedade, preocupação, culpa, medo, tristeza, dor, pronuncio e penso: “Minhas memórias, eu te amo”.

Estou agradecido pela oportunidade de libertar vocês e a mim.

Sinto muito
Me perdoe
Eu te amo
Sou grato

Neste momento, afirmo que te amo.

Penso na minha saúde emocional e na de todos os meus seres amados. Te amo.

Para minhas necessidades e para aprender a esperar sem ansiedade, sem medo, reconheço as minhas memórias aqui neste momento:

Sinto muito, eu te amo.

Minha contribuição para a cura da Terra:

Amada Mãe Terra, que é quem Eu Sou: Se eu, a minha família, os meus parentes e antepassados te maltratamos com pensamentos, palavras, fatos e ações, desde o início da nossa criação até o presente, eu peço o teu perdão.

Deixa que isso se limpe e purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas.

Transmute essas energias indesejáveis em pura luz e assim é.
Para concluir, digo que esta oração é minha porta, minha contribuição à tua saúde emocional, que é a mesma que a minha.

Então esteja bem e, na medida em que vai se curando, eu te digo que:

Eu sinto muito pelas memórias de dor que compartilho com você.

Te peço perdão por unir meu caminho ao seu para a cura, te agradeço por estar aqui em mim.

Eu te amo por ser quem você é.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de novembro de 2016 em Deusa, Em mim..., Eu

 

Lakshmi – Deusa da Prosperidade, do Amor e da Abundância

o-que-parender-de-LAKSHMI

ORAÇÃO A LAKSHMI
Lakshmi, Deusa da Prosperidade, do Amor e da Abundância!
Abro meu coração e meu lar com muito amor e exuberante alegria para recebê-La no meu Templo interno e no Templo da minha morada.

Que suas bênçãos cheguem a mim trazendo a pureza da flor de lótus, a harmonia nos meus relacionamentos e a prosperidade em tudo o que eu executar com fé, entusiasmo e altruísmo.

Que o aspecto feminino de Deus em todas as suas manifestações me tragam intuição, percepção, dedicação e receptividade para que eu possa realizar todas as minhas atividades com alegria e felicidade.

Que Sua majestosa beleza se reflita em meus pensamentos para que eu possa sentir, falar, ouvir e agir somente com a consciência da minha Presença Divina.

Que a Sua Luz me envolva dentro de um campo magnético de Abundância para que eu possa ter tudo o que necessito e expandir essa minha Prosperidade para todos.

Tudo o que me for ofertado eu abençôo e consagro para a realização do Plano Divino.
Amada Lakshmi, bem vinda à minha vida e ao meu lar!

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou a manifestação de tudo o que desejo neste instante, hoje e sempre!
Namastê!

Fonte: Dalla Blog

Imagem: http://yogui.co/deuses-indianos-significado-e-simbolismo-lakshmi/

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de julho de 2016 em Deusa, Em mim...

 

50 Perguntas que vão libertar a sua mente

É melhor responder rapidamente, sem pensar. Não há certo ou errado. Incrível.club encontrou uma lista de perguntas cujas respostas podem ajudá-lo a entrar no seu subconsciente e limpá-lo de tudo que não é necessário. É muito simples e eficiente.

  1. Quanto anos você te daria se não soubesse sua idade?
  2. O que é pior: aguentar a derrota ou nunca tentar?
  3. Já que a vida é tão curta, por que fazemos tantas coisas chatas e tão poucas coisas legais?
  4. Se o trabalho está acabado, tudo está dito e tudo está feito, no fim das contas houve mais palavras ou realizações?
  5. Se pudesse mudar apenas uma coisa no mundo, o que seria?
  6. Se a felicidade fosse moeda, que trabalho te faria milionário?
  7. Você faz o que acredita ou tenta acreditar no que faz?
  8. Se a vida durasse 40 anos, o que você mudaria na sua para aproveitá-la ao máximo?
  9. Chove, você precisa que te levem pra casa e um carro para. Quem dirige?
  10. O que mais te preocupa: fazer as coisas bem feitas ou corretamente?
  11. Você está correndo com três pessoas de quem gosta e que respeita. Elas começam a criticar um amigo próximo sem saber que vocês são amigos. A crítica é humilhante e injusta. O que você faria?
  12. Se pudesse dar apenas um conselho a uma criança, qual seria?
  13. Você seria capaz de infringir uma lei para salvar o seu amor?
  14. Você viu loucura onde, depois, viu genialidade?
  15. Na sua vida, o que você faz que te diferencia dos outros?
  16. Como é possível que o que te faz feliz não faz feliz aos demais?
  17. O que você quer fazer, mas ainda não fez? O que te impede?
  18. Você está preso a alguma coisa que deveria deixar ir embora?
  19. Se te oferecessem mudar para sempre a outro país, aonde você iria e por que?
  20. Você aperta o botão para chamar o elevador mais de uma vez? Você realmente acha que ele virá mais rápido?
  21. O que você gostaria de ser: um gênio neurótico ou um tonto feliz?
  22. Por que você é você?
  23. Se você pudesse escolher entre ser um não seu próprio amigo, você começaria a amizade?
  24. Você chega em casa e tem uma visita inesperada. Quem é?
  25. O que te faz sentir agradecido?
  26. O que você prefere: perder todas as suas memórias ou não ter a possibilidade de ter novas?
  27. É possível conhecer a verdade sem se esforçar?
  28. O seu maior temor se transformou em realidade?
  29. Você se lembra o que te fez sofrer há 5 anos? Isso continua tendo o mesmo significado?
  30. Qual a melhor lembrança da sua infância? Por que é uma lembrança feliz?
  31. Que acontecimentos do passado te fizeram sentir vivo?
  32. Se não é agora, quando?
  33. Se você ainda não alcançou o que quer, o que você pode perder?
  34. Você já esteve com alguém sem falar nenhuma palavra e depois sentiu que foi a melhor conversa da sua vida?
  35. É possível saber o que está bem e o que está mal sem ter dúvidas?
  36. Se te dessem um milhão de reais agora, você pediria demissão?
  37. O que te realiza mais: ter muito trabalho e ter a obrigação de fazê-lo, ou ter pouco trabalho, mas fazer o que gosta?
  38. Você tem a impressão de que o dia de hoje já se repetiu mais de cem vezes?
  39. Você pensa com a cabeça ou com o coração?
  40. Se todos os seus conhecidos morressem amanhã, quem você visitaria hoje?
  41. Você trocaria 10 anos da sua vida para ser mais bonito e reconhecido?
  42. Qual a diferença entre viver e existir?
  43. Quando vai chegar o dia em que valerá a pena arriscar e fazer o que parece certo?
  44. Se aprendemos com nossos erros, por que temos medo de errar?
  45. O que você faria de outra forma se soubesse que ninguém iria te julgar?
  46. Quando foi a última vez que você escutou o som da sua respiração, ou a batida do seu coração?
  47. Você gosta de quê? As suas ações combinam com essas coisas?
  48. Qual o valor do seu sofrimento?
  49. As decisões devem ser tomadas aqui e agora. Quem toma as suas decisões?
  50. Qual a promessa mais importante que você já fez?

Fonte: rightquestions

Tradução e Adaptação: Incrível.club

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de junho de 2016 em Deusa, Em mim..., Eu

 

Poesia…

Às vezes bate um cansaço de mil anos…
Então escrevo.
Às vezes vem uma tristeza de séculos…
Então me refugio.
Às vezes só quero deitar e dormir para sempre…
Então sonho!

12998473_10205812418340265_6471066911109907119_n

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de abril de 2016 em Deusa, Em mim..., Eu

 

Hoje começa um novo ano…

image

Grande Mãe
Que eu tenha hoje e a cada dia
A força dos céus
A luz do Sol
O resplendor do fogo
O brilho da Lua
A presteza do vento
A profundidade do mar
A estabilidade da terra
E a firmeza da rocha
Que assim seja e assim se faça!

image

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de março de 2016 em Deusa, Em mim..., Eu

 

Liberte-se!

Escolha músicas que representem força e alegria.
Coloque uma roupa bonita (eu adoro minha saia longa indiana).
Acenda uma vela.
E dance, dance, olhando a chama da vela.
Dance, dance, de olhos fechados.
Dance, dance, sentindo a força, a liberdade, o poder que todas nós temos.
Dance, dance, mentalizando tudo o que deseja e sentindo como se você já tivesse conseguido.
Invoque a deusa que há em você e permita que ela desperte.
Se torne a deusa que você é!
A vida está em você!
Você é deusa!
Faça isso sempre que quiser.
Eu acabei de dançar.
Estou escrevendo e sentindo meu corpo quente, suado, pulsante.
Estou sentindo a energia do amor e da gratidão.
É indescritível!

Não, não copiei esse ritual de nenhum lugar, de nenhuma seita ou religião.
Apenas me conectei com a força feminina do universo e me permiti ser guiada por um conhecimento que todas nós temos, mas que deixamos adormecidos, esquecidos.
Tente também! Sente em silêncio e tente imaginar o que funcionaria para você. Não tenha vergonha, não tenha medo.
Permita-se!
Liberte-se!

PS.: Ouço agora o barulho da chuva… É a natureza reafirmando tudo!

Imagem retirada do site: henriquetamagiacigana.wordpress.com

Imagem retirada do site: henriquetamagiacigana.wordpress.com

 
4 Comentários

Publicado por em 9 de novembro de 2015 em Deusa, Em mim..., Eu

 

Parem de Tentar Entender as Mulheres


Loucas, destemperadas, instáveis, indecifráveis, as mulheres nunca estiveram tão doidas, meu deus. Querem. No segundo seguinte já não nos querem mais. Já não querem nem mesmo a si mesmas, uma orgia de quereres, de vontades que não se concluem, de medos que não se assentam. As mulheres, minha gente, nunca na história deste país foram tão deliciosamente desmioladas.

De tanto praticar, alcançaram a perícia esgrimista de coabitar em emoções. Já nem separam mais o instante de chorar do seguinte de rir. Choram e riem, ao mesmo tempo. Se aproveitam da boa relação diplomática entre os polos de seus super cérebros e choram e riem e mudam de canal, num só movimento. Elas podem te adorar em pensamento e te mandar uma praga por entre os dentes, elas podem se sentir extremamente solitárias, carentes e hilárias, não de você, mas de queijo, de doce, de estrada. Vai entender.

Deram pra gritar nas calçadas, nos portões, deram pra exigir de volta seus chips, como quem pega de volta a dedicação, o tesão, os ouvidos e os beijos sem ar que nos deram. Acabou a farra da entrega. As mulheres de hoje não se dão, se emprestam e depois tomam-se de volta. Não morrem mais de amor, não arranham as paredes. Fazer as unhas nunca custou tão caro.

As mulheres que gritam enquanto caladas, que se doem enquanto gozam, que se culpam enquanto se orgulham, essas mulheres jamais pediram para serem compreendidas, essas doidas varridas, não estão tentando se simplificarem, estão se esforçando pra ficarem ainda mais, só um tantinho mais, doidas. Certas elas, quando resolvido todo mistério deixa de fazer sentido. Parem de tentar entender as mulheres. Melhor que entender é compreendê-las entre seus braços. Pare de tentar resumi-las, pare de tentar encontra-las e vá com tudo se perder na loucura delas.

————————–
Texto: Diego Engenho Novo
Produção: Parafuso Filmes
Direção: Clégis de Assis
Ator: Marcus Pantaleão
Trilha Jahzzar – Vanlig – CC BY N

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 de maio de 2015 em Deusa, Em mim..., Eu

 
 
%d blogueiros gostam disto: