RSS

Biblioteca da minha vida (Homenagem à minha mãe)

No dia 26/03/2019, participei de um curso incrível com a Goimar Dantas. Uma das atividades era a seguinte:

IMG_20190512_145626097~2

A inspiração veio linda. Escrevi num fôlego só e guardei o texto para entregar hoje:

A biblioteca da minha vida foi minha mãe, que me encheu de livros desde que eu me entendo por gente.

Ela também me deixava livre para criar, imaginar, dançar, me sujar, subir em árvores e ralar os joelhos.

Lia meus bilhetinhos com erros de ortografia e guardava-os numa pasta especial. 

Minha mãe me deixou ser fada, bruxa, moleca, paquita da Xuxa e “namorada” do Johnny Deep que morava no pôster.

Minha infância foi livre e repleta de imaginação.

Sou uma mulher forte hoje pela infância mágica proporcionada por essa mulher que ainda me escreve cartões de aniversário e Natal.

A biblioteca da minha vida é minha mãe.

Sou grata a ela e a honro!

 

 

Screenshot_20190512-143916FB_IMG_1557673688174

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de maio de 2019 em Ancestralidade, Deusa, Em mim...

 

Há muito mais!

universo

(Imagem retirada da internet)

A maioria pensa que uma única coisa rege a vida: sexo.
Sabia que é possível ficar hooooras só conversando sobre arte, cultura, viagens, teorias, estrelas?
Quando você encontrar (ou reencontrar) alguém interessante não se limite.
É tão gostoso aprender, dar risada, dançar, se conectar, trocar experiências…
Cada pessoa é todo um universo.
Quem escolhe apenas a parte mais perecível desse universo acorda vazio no outro dia.
Expanda-se!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de março de 2019 em Em mim..., Se liga!

 

Amigos…

Nenhuma descrição de foto disponível.

Essa tirinha do Mentirinhas me fez pensar… Quantos dos que se dizem amigos o são de verdade?

Atualmente a amizade é medida pelo número de curtidas, fotos juntos e marcações em memes. Isso não é amizade.

Quantas pessoas ficam ao seu lado quando sua vontade é sumir, não falar com ninguém?

Quantas pessoas vão até sua casa quando você diz que está doente e não pode sair?

Quantas pessoas te ligam para saber como você está porque sumiu dos lugares de costume nos fins de semana?

Quantas pessoas dizem “vou ‘praí’ então” quando você diz que não quer sair porque está mal, triste, desanimada?

Para quantas pessoas você pode ligar no meio da noite porque acordou com medo e precisa falar com alguém?

Pessoas estão usando os amigos para ganhar curtidas e comentários.

Amigo de verdade está com você sem precisar registrar e postar para todo mundo ver.

Amigo de verdade mostra com atitudes o quanto você é importante, não precisa escrever textão em redes sociais.

Amigo de verdade te manda mensagem do nada perguntando se você está bem porque “te imaginou brava”.

Amigo de verdade te assusta tocando a campainha em vez de falar “ah tá, boa noite então” depois que você recusa um convite para a balada.

Amigo de verdade te protege, te incentiva, te apoia, te dá bronca e é fiel. Acima de tudo é fiel. Com ele você está protegida, segura. Nele você pode confiar.

Quantos amigos você tem?

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de março de 2019 em Uncategorized

 

Sua religião religa ou exclui?

“Buda não era Budista,
Jesus não era Cristão,
Krishna não era Vaishnava,
Maomé não era Islamita,
Eles eram professores que ensinavam AMOR.
AMOR era a religião de cada UM.”

(Autor desconhecido)


ESPIRITUALISTA INDEPENDENTE, sim. Não posso dizer que professo esta ou aquela religião porque há aspectos lindos, fascinantes e também equivocados em cada uma e todas elas.

Gosto de estudar sobre o Espiritismo, Paganismo, Budismo, Umbanda, Racionalismo Cristão… tantas outras…

No meu quarto há incensos, tarô, Jesus Cristo, São Jorge (Salve, Ogum!), Lakshimi, Nossa Senhora Aparecida e Iemanjá.

Na minha estante, lado a lado, estão a Bíblia, O Livro dos Espíritos e Pistis Sophia.

Assisto a palestras de Divaldo Franco e Robson Pinheiro, pregações do Pastor Cláudio Duarte e sermões do Padre Fábio de Melo.

Alguns dizem que sou uma bagunça. Outros que isso faz mal, que devo escolher um único caminho e seguir por ele, sem desviar. Mas como? Como seguir ao encontrar a pedra da intolerância onde leio que preciso condenar toda a beleza que há nos outros caminhos?

Dentre todas, a mais perseguida, condenada, criticada é a Umbanda (juntamente com o Candomblé) e por quê?

Vi há uns anos um vídeo que questionava exatamente isso. Por que estudamos, achamos linda a Mitologia Grega e demonizamos a Mitologia Africana? Por que ficamos vidrados com filmes, HQ’s e animações que mostram esses deuses nórdicos e transformamos em diabo os deuses africanos? Por que Thor salva o planeta e a humanidade e Exu traz o mal e a perdição? Já parou para pensar? Claro que não, né? Afinal religião não tem nada a ver com racismo, certo?

Ontem ouvi a mesma coisa numa das músicas do Espetáculo (com E maiúsculo) “Terreiro Urbano”, da Cia. Treme Terra. Durante esse Espetáculo senti a energia dos orixás, a alegria dos orixás, o acolhimento dos orixás. Os artistas perceberam minha energia, sentiram minha ligação com eles e também me acolheram ao final. Fui recebida com abraços, sorrisos largos e palavras de gratidão. A troca foi intensa e maravilhosa.

Não, não vou deixar de ser espiritualista independente para me fechar numa redoma “da única verdade”.

Não vou deixar de honrar tudo que me faz bem.

Rezo o Pai Nosso, abro o tarô, acendo uma vela pedindo para que São Jorge/Ogum me proteja, sinto a força feminina de Iansã e o acolhimento maternal da Deusa.

Minha religião é fazer o bem.

Quero conhecer, pesquisar, estudar.

Não me prenda, não me pode.

Me aceite como sou ou siga seu caminho, porque continuarei no meu enquanto estiver enxergando beleza nele. Se algum dia isso me fizer algum mal, não tenho problema em desviar. Eu erro, mas “não tenho compromisso com o erro”(JK). E não vou permitir que me queimem na fogueira da intolerância.

“Axé pra quem é de axé, amém pra quem é de amém
Blessed be pra quem é de magia e amor pra quem é do bem”

Simone A. Oliveira

31124278_1684564628300888_5181470549011857408_n

Vela para São Jorge, quadros de Iemanjá e Jesus Cristo. Todos meus.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de abril de 2018 em Amo!, Deusa, Em mim..., Eu, Se liga!

 

Oração à Grande Mãe

“Eu sou a Deusa,
Eu sou a Bruxa,
Eu sou aquela que ilumina e protege.
O poder da Grande Mãe está dentro de mim.
Que a Grande Mãe, a Senhora do Norte, encha de frutos a árvore de minha vida, Ilumine todas as minhas estações.
Grande Deusa que habita dentro de mim, santifica cada palavra minha e cada ato meu.
Afasta cada sombra de minha vida,
Ilumina todas as minhas estações,
Torna-me forte na dor,
Tornando-me bela no Amor.
Que Teu Nome e Teu Poder
Sejam sempre o meu nome e o meu poder.
Assim sempre foi e assim sempre será!”

(Oração Celta)

22046391_1478359912254695_3332916615136948708_n

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de setembro de 2017 em Deusa, Em mim..., Eu

 

Lua cheia

Veio espiar sobre o muro do quintal?

Sim, estou aqui.

E ainda acredito, ainda espero, ainda não desisti.

Às vezes fica mais difícil, parece que o tempo fica pastoso, é complicado respirar, sorrir, mas ainda estou aqui.

Agora estou olhando para você e sorrindo de volta…

Gratidão pelas bênçãos, minha Mãe!

A primavera está chegando. O inverno, quase no fim.

Vou florir!

Simone A. Oliveira

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de setembro de 2017 em Uncategorized

 

Memória

Dividiram risos, brincadeiras, provocações.

Compartilharam músicas, comida, bebida, sorrisos e broncas de mentira.

Dois peixes num mar de gente.

Noite virou madrugada que virou dia.

Um beijo e só.

Agora resta a memória.

(E um bilhete escrito num guardanapo de papel…)

Simone A. Oliveira

16003162_1397753550244953_997398276059010578_n

(Fabrício Carpinejar – imagem retirada da página do Facebook: @carpinejar)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de agosto de 2017 em Uncategorized

 
 
%d blogueiros gostam disto: